#

segunda-feira, setembro 01, 2014

GOÍAS:...Acusado de matar cartunista Glauco é preso suspeito de latrocínio em GO.


Carlos Eduardo Sundfeld Nunes dirigia um carro roubado quando foi perseguido pela Polícia Civil em Goiânia, Goiás (Foto: Divulgação/PM)

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes foi preso suspeito de latrocínio em Goiânia, Goiás (Foto: Divulgação/PM)
Carlos Eduardo dirigia um carro roubado quando foi perseguido.




A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (1º), Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 29 anos, e outro homem, que não teve a idade divulgada, suspeitos de cometerem um latrocínio (que é roubo seguido de morte) e uma tentativa de latrocínio em Goiânia. Carlos Eduardo, conhecido como Cadu, é acusado de matar o cartunista Glauco Vilas Boas e o filho dele, Raoni Vilas Boas, em 2010.
De acordo com o delegado Tiago Damaceno a prisão ocorreu após ele identificar o carro roubado em um dos crimes, ocorrido no domingo (31).“Eu tinha a placa e as características do Honda Civic que foi roubado no domingo, de um jovem de Goianésia. E hoje, dirigindo pela cidade, eu avistei esse carro e comecei a persegui-lo. Eu pedi ajuda de um guarda municipal. Ao perceber que estava sendo seguido, ele subiu na calçada e tentou fugir, mas acabou batendo no muro e foi rendido”, disse o delegado ao G1. Segundo ele, Cadu atirou contra os policiais, mas ninguém se feriu.

Liberdade
Apesar de ter confessado a morte do cartunista Glauco e do filho dele, Cadu, que tem esquizofrenia, não chegou a ser julgado porque a Justiça o considerou inimputável, ou seja, incapaz de perceber a gravidade de seus atos. A doença mental não tem cura, mas tem controle, desde que seja tratada.
Incluído no Programa de Atenção integral ao Louco Infrator (Paili), ele passou por tratamento em uma clínica psiquiátrica de Goiânia, mas, em agosto de 2013, a Justiça de Goiás decidiu que ele podia receber alta médica. A decisão foi tomada pela juíza Telma Aparecida Alves, da 4ª Vara de Execuções Penais.
A medida foi embasada na avaliação médica do Tribunal de Justiça de Goiás, feita em junho daquele ano, em que o rapaz recebeu parecer favorável à liberação. Segundo a decisão, Cadu, que tem esquizofrenia, estava apto a passar a fazer tratamento ambulatorial, em vez de ficar internado.
Perseguição
Segundo o delegado Damaceno, Cadu dirigia um carro roubado quando foi perseguido nesta segunda. Esse veículo havia sido levado durante um assalto no Setor Oeste na noite de domingo (31), quando o proprietário foi assassinado.
No momento em que foram abordados pela polícia na tarde desta segunda, Cadu reagiu à abordagem e, segundo o delegado, começou a atirar contra os policiais. Ninguém ficou ferido na troca de tiros. Em seguida, tentou fugir, mas bateu o carro em um muro.
Já o outro suspeito se rendeu imediatamente. Ainda de acordo com Damasceno, os dois negam envolvimento em qualquer crime. “Eles não dão muita explicação, dizem apenas que estavam levando os carros de um bairro para o outro. Ainda vamos ouvi-los formalmente e também outras testemunhas, para tentar esclarecer todo o caso”, disse.
Cadu também é suspeito de envolvimento na tentativa de latrocínio de um homem de 45 anos, no Setor Bueno, na última quinta-feira (28). De acordo as investigações, os criminosos estavam em um Honda City branco e atiraram contra uma VW Saveiro, atingindo o condutor. Ele sobreviveu, mas está internado na UTI do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).
A unidade de saúde informou nesta tarde que o estado de saúde dele é grave e ele respira com a ajuda de aparelhos.
Homem de 45 anos sofreu tentativa de homicídio no setor bueno em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Segundo a polícia, Cadu tem ligação com tentativa de homicídio contra um homem de 45 anos, ocorrida
na última quinta-feira, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Na hora da prisão de Cadu, nesta segunda, o comparsa estava na direção de um carro com as características descritas pelas testemunhas à polícia como sendo o usado pelos suspeitos na última semana. “Um dos carros é o que foi roubado no latrocínio e tudo leva a crer que esse outro automóvel foi o utilizado para cometer a tentativa”, explicou Damaceno
Duplo homicídio
Em 2010, Cadu confessou ter matado o cartunista Glauco e o filho dele, no dia 12 de março, no sítio onde a vítima morava, em Osasco (SP). Ele invadiu a propriedade e atirou contra as vítimas.
O rapaz frequentava a Igreja Céu de Maria, fundada por Glauco, que segue a doutrina religiosa do Santo Daime. No dia do crime, o jovem estaria sob efeito de maconha e haxixe.
Cadu também foi acusado de três tentativas de homicídio contra agentes federais, roubo, porte de arma com numeração raspada e tortura. Preso na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu (PR), ao tentar fugir para o Paraguai, acabou indo para o Complexo Médico Penal do Paraná e, depois, transferido para Goiânia, onde ficou internado em uma clínica psquiátrica e teve alta em 2013.

sábado, agosto 30, 2014

SECA NA CHINA:..China provoca chuva artificial para aliviar seca no nordeste do país.

A província de Liaoning, uma das mais afetadas, recebeu as primeiras chuvas
As autoridades do nordeste da China, que sofre a pior seca em mais de 60 anos, decidiram recorrer à chuva artificial mediante o "bombardeiro" de nuvens com produtos químicos, para tentar aliviar a situação que faz temer grandes problemas alimentares e a alta da inflação por causa das más colheitas.
A província de Liaoning, uma das mais afetadas, recebeu as primeiras chuvas em muito tempo no fim de semana, e elas continuaram ontem, segunda-feira (25), informou nesta terça-feira (26) a agência oficial "Xinhua".
Para provocar a chuva são usados aviões ou foguetes que jogam nas nuvens substâncias condensadoras como o iodeto de prata, que acelera as precipitações, um método usado frequentemente na China em caso de incêndios e secas.
Este sistema promoveu a queda nos últimos dias de 360 milhões de metros cúbicos de água nas zonas mais afetadas pela seca, especialmente nas imediações da cidade de Chaoyang.
Pelo menos 4,39 milhões de hectares de campos de cultivo (cerca de 44 mil quilômetros quadrados) sofrem com a seca, que afeta 2,35 milhões de pessoas.
Só em Henan, uma das províncias mais povoadas da China, as perdas são calculadas até agora em US$ 1,18 bilhão.
Muitas das regiões atingidas são principais centros de produção nacional de cereais como trigo, cevada e milho, o que provocou o receio das autoridades de que haja escassez alimentos básicos e que o preço aumente nos próximos meses, o qual poderia disparar a inflação.

SUPER IMAGENS:...Veja alguns aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo.

  O jornal "Metro", do Reino Unido, listou os dez aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo. A ilha de Saba, no Caribe, é o destino de vários casais em lua de mel. No entanto, o aeroporto local possui uma das pistas mais curtas que existem, com apenas 400 metros e cercada por montanhas
 O jornal "Metro", do Reino Unido, listou os dez aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo. Os aviões passam bem próximos aos banhistas na ilha de Saint Martin, no Caribe. Os voos do aeroporto Princess Juliana passam a apenas 10 metros de distância da praia
 O jornal "Metro", do Reino Unido, listou os dez aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo. O aeroporto de Courchevel, construído em uma área de esqui nos Alpes Franceses, possui uma pista inclinada e curta com 524 metros de comprimento. A pista foi usada na abertura do filme "007 - O Amanhã Nunca Morre", de 1997
  O jornal "Metro", do Reino Unido, listou os dez aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo. O aeroporto internacional da ilha de Madeira está localizado à beira do mar. A sensação é de que a pista é sustentada por estacas
O jornal "Metro", do Reino Unido, listou os dez aeroportos com as pistas de pouso mais aterrorizantes do mundo. O aeroporto de Kai Tak, em Hong Kong, na China, fechado em 1998, estava localizado entre montanhas e arranha-céus, no meio da cidade

BRIGAS NA BAND:....Não foi só xingamentos! Datena deu um soco em Milton Neves.

Briga entre Datena e Milton Neves terminou em agressão física



No último domingo (24), José Luiz Datena e Milton Neves protagonizaram uma briga ao vivo no estúdio da rádio Bandeirantes, em São Paulo. O apresentador do Terceiro Tempo contava uma história do passado do homem forte do Brasil Urgente, quando ele entrou no local aos gritos e questionou.

— “Que merda é essa que você falou? Que merda é essa aí, cara? É o c***.

O áudio estava aberto e a discussão pode ser ouvida por todos ouvintes. Rapidamente, a produção do programa chamou o intervalo comercial.

Porém, parece que a confusão não parou por aí. De acordo com o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, Datena chegou a agredir Milton Neves com um soco. O jornalista esportivo fez até exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).
Ainda segundo a publicação, Datena estava em sua casa no bairro do Morumbi quando soube da conversa entre o companheiro de emissora com o ex-jogador e agora comentaria Neto. Os dois falavam de José Hidalgo Neto, que jogou no Coritiba.

— Sabe quem morou na casa do Hidalgo em Curitiba e tava desempregado na vida? Zé Luiz Datena. Morou na casa do Hidalgo, filou boia lá e até hoje ele é grato. Tem muito ingrato por aí que não olha para trás. O Datena agradece o Hidalgo.

Após a confusão, Datena acabou suspenso pela Rede Bandeirantes por dois dias e só voltou a comandar seu programa policial na última quarta-feira (27).

Essa não foi a primeira confusão entre os dois apresentadores. Em 2003, eles já tiveram um entrevero, que terminou com Milton processando o colega.

 

sexta-feira, agosto 29, 2014

CLARÍN AGENTINA:...Lograron filmar las rocas que se "mueven solas"

 Piedra y rastro de movimiento en Racetrack Playa, Valle de la Muerte, California Dennis Flaherty / Alamy
FIM DO MISTÉRIO

                                                                           ésvarios años de investigaciones, un equipo de científicos de Estados Unidos logró resolver el misterio de las rocas que se ""mueven solas"  en el Valle de la Muerte, en California.

El grupo encabezado por Richard D. Norris, del Scripps Institution of Oceanography, consiguió entre diciembre de 2013 y enero de 2014 filmaciones de las rocas deslizándose sobre la superficie de esta zona desértica

Las imágenes captadas por el equipo de Norris ratificaron la hipótesis sobre los motivos del misterioso movimiento de las rocas de Racetrack Playa presentada en 2011 por el equipo de Ralph D. Lorenz, del laboratorio de física aplicada de la Universidad Johns Hopkins, uno de los expertos que ha participado activamente en la filmación que ahora se presenta.

"La ciencia tiene a veces un elemento de suerte. Pensábamos que tendríamos que esperar entre cinco y diez años sin que nada se moviera, pero sólo habían pasado dos años de proyecto y estuvimos en el momento adecuado para ver qué sucedía en persona", explicó Norris.

La hipótesis de Lorenz afirmaba que en algunas de las ocasiones en que la zona de Racetrack se cubre de una fina capa de agua y cristales de hielo, algunas rocas quedan parcialmente cubiertas de hielo y este fenómeno facilita que se desplacen sobre el fango helado impulsadas por el viento.

El movimiento de las rocas deja unos evidentes rastros en el suelo que pueden ser observados durante años en las zonas que quedan al descubierto en las largas épocas secas.Durante la investigación se observó que las rocas individuales se mantuvieron en movimiento desde unos pocos segundos hasta 16 minutos. Además, notaron que algunas de ellas  viajaron más de 60 metros antes de detenerse.

Las nuevas observaciones modificaron las teorías que sostenían que el movimiento de las rocas podría ser causado por vientos con la fuerza de un huracán. Pero según las nuevas investigaciones, sucede todo lo contrario,  las rocas se mueven bajo vientos suaves, de unos 3 a 5 metros por segundo,  y fueron impulsados por el hielo de menos de 5,3 milímetros de espesor.
traduza esse conteúdo bem ao lado,....(traduza esse site aqui)..... tradutor google.


TECNÓLOGIA:...Google testa drones para entregar compras pela internet.

Drone do "Project Wing" (Projeto Asa), do Google, faz teste de voo com produto
Drone do "Project Wing" (Projeto Asa), do Google, faz teste de voo com produto


O Google revelou nesta quinta-feira (28) que realizou testes com drones para entregar produtos comprados on-line na Austrália, seguindo na mesma direção da gigante de vendas pela Internet Amazon.

Google realiza pesquisas há dois anos dentro do chamado "Project Wing" (Projeto Asa), que este mês fez voos de teste levando doces, remédios, biscoitos de cachorro e outras encomendas a fazendeiros de Queensland, na Austrália.

"Os veículos de voo autônomo poderão abrir novos enfoques para a circulação de mercadorias", destaca o Google em um artigo publicado em seu site.

"Através da história, as principais mudanças no trânsito de mercadorias conduziram a novas oportunidades para o crescimento econômico e, geralmente, tornaram a vida dos consumidores mais fácil".

A Amazon já desenvolve a ideia de "drones-correio" para a entrega de pacotes e em julho passado pediu permissão às autoridades americanas para realizar testes no território nacional.Leia mais em: http://zip.net/bgpqwz

MOGI DAS CRUZES:...Os três acusados de assassinar uma policial militar e o pai dela no Jardim Piatã são julgados.


Acusados da morte estão sendo julgados nesta quinta-feira (28).
O crime foi em 2012; o pai da policial também foi assassinado   Os três acusados de assassinar uma policial militar e o pai dela no Jardim Piatã, em Mogi das Cruzes, há dois anos, estão sendo julgados no Fórum de Mogi das Cruzes nesta quinta-feira (28). A mãe da policial, que também perdeu o marido, Dalva Francisca Machado, acompanha a sessão. "Ela era minha filha única. Eu lembro do dia do crime. Eles [criminosos] entraram em casa e meu marido disse para levarem o que quiserem e deixarem a nossa filha, mas eles afirmaram que não eram ladrões e que estavam lá para matar a menina", lembra Dalva.

Os três réus são Alessandra Cristina Pimenta Moreira, Bernardo José dos Santos e Lucas Nunes da Silva Lima . Eles respondem por  homicídio qualificado - cuja pena vai de 12 a 30 anos – e latrocínio (pena  de 20 a 30 anos).
Para a polícia, o crime foi motivado pelos ciúmes de Cristina e Bernardo. A PM Lígia Machado dos Santos, de 36 anos, se envolveu com um antigo namorado de Alessandra, que está entre os acusados de participar das mortes.
Bernardo é ex-marido de Lígia, e não teria aceitado a separação. Os dois planejaram juntos o crime e foram presos na capital depois de denúncias. Na Zona Leste São Paulo a polícia prendeu um jovem de 18 anos e outros dois menores que confessaram atirar na PM e no pai dela, José Mendes Machado, de 67 anos.
O advogado de Alessandra, Edson Pereira, tenta provar que sua cliente desistiu do plano. "Ela não participou efetivamente desta empreitada criminosa. Isso porque ela desistiu. Não tem provas que a senhora Alessandra forçou esses menores a cometerem o crime. Não tem provas que a senhora Alessandra pegou em uma arma", justifica.
Já o advogado de Lima, Dario Reisinger diz que seu cliente somente participou do roubo e que foram de menores que executaram a policial e o pai dela. O crime, segundo ele, foi no carro da vítima e Lucas estaria em outro veículo. "O código penal tem disposição expressa neste sentido. Que se uma das pessoas que participou do crime desejava participar de um crime menos grave, ela tem de responder pelo menos grave. E foi justamente o que aconteceu com o Lucas. Ele desejava participar de um roubo", explica.
O denfensor do ex-marido de Lígia tenta provar que seu cliente não participou do planejamento do assassinato. "Não há nada nos autos que comprove que o Bernardo é autor desses delitos ou mandou matar a Lígia", diz o advogado Sérgio Rodrigues.


quinta-feira, agosto 28, 2014

TSUNAMI:..Estudo aponta risco de tsunami de até 23 metros na costa oeste do Japão.

Tsunami Japão (Foto: Reuters)
Tsunami de 2011 causou milhares de mortes e devastação no Japão (Foto: Reuters)

Simulação terremoto aponta que tsunami se formaria em minutos.
Costa oeste do país tem 11 centrais nucleares.

Um eventual terremoto no mar do Japão pode gerar em poucos minutos um gigantesco tsunami cuja altura alcançaria em algumas partes os 23 metros, segundo o primeiro estudo de simulação realizado por conta do governo japonês na costa oeste do país, onde 11 centrais nucleares estão localizadas.
Uma dúzia de especialistas, encarregados pelo ministério de Transportes, de Ciências e pelo gabinete do primeiro-ministro, analisaram o comportamento de 60 falhas nas zonas marinhas localizadas entre Hokkaido (norte) e Kyushu.
Entre as 253 hipóteses estudadas com prováveis terremotos de diferentes intensidades, eles mostraram o que um terremoto de magnitude 7,9 no mar do Japão produziria.
De acordo com esta simulação, existiria um potencial risco de um tsunami de 23,4 metros na região de Setana, em Hokkaido, sobre duas zonas rochosas, e de 12 metros em Okushiri, também em Hokkaido, uma zona plana e habitada.
Além disso, mais ao sul, o maremoto alcançaria uma altura de 17,4 metros na costa da cidade de Aomori (norte de Honshu) e de 15,8 metros sobre a da vizinha Ishikawa (centro de Honshu).
Em terrenos planos habitados do norte da ilha de Honshu, a maior do arquipélago japonês, existiria o temor de um aumento de até 10 metros de seu nível em várias partes da cidade de Akita.
Um forte tsunami ocorrido no dia 11 de março de 2011 deixou mais de 18.000 mortos e afetou gravemente a central nuclear de Fukushima.

ÍNDIA:...Cão fica 11 dias sem comer deitado na cova do dono na Índia, diz socorrista.

Tommy, deitado sobre a cova do dono, Bhaskar Shri, 18, morto em acidente de carro
cãozinho deitado sobre a cova do dono, Bhaskar Shri, 18, morto em acidente de carro

                                     Um cachorro mostrou sua lealdade em Chennai, no sul da Índia, mesmo após a morte do dono, um adolescente de 18 anos. O cão passou 11 dias junto à cova dele, sem comida ou água, segundo relato de uma mulher que o resgatou.

Bhaskar Shri, 18, morreu no último dia 2 de agosto em um acidente de carro. Shri, funcionário na construção civil, tinha adotado o cachorro, que batizou de Tommy, há dois anos, e o levava diariamente ao trabalho.
Tommy foi salvo por Dawn Williams, que trabalha na Cruz Azul, ONG que resgata animais. "Eu vi o cão marrom deitado em uma cova recente em uma tarde enquanto caminhava, isso na primeira semana de agosto. Naquela época, eu não fiz nada", conta Dawn.
"Mas em 13 de agosto, estava no local de novo em uma missão de resgate diferente e o vi. Ele estava sentado no mesmo local e na mesma posição. É como se ele não tivesse se mexido durante semanas."
Dawn encontrou o cão em péssimas condições. "Ele estava faminto e estou certa de que tinha lágrimas nos olhos. Dei a ele água e biscoitos, mas ele nem se mexia. Então, com meus colegas, passei pela vizinhança e perguntei se alguém conhecia o cão. Foi quando me disseram que se chamava Tommy e guardava o túmulo do dono", lembra.
A funcionária da Cruz Azul encontrou a mãe de Bhaskar. Assim que viu a mulher, Tommy correu em sua direção. Ela contou que o cão havia desaparecido desde a morte do filho e ficou feliz em poder levá-lo para casa. "Ela disse que o cão era um amigo leal e que cuidaria dele para lembrar de seu próprio filho", disse Dawn. (Com NY Daily News)

PARÁ:...Homens armados com fuzis atacam carro-forte na PA-150.


Carro Forte Alça Viária Pará Moju (Foto: Divulgação/PRE)

Grupo disparou 50 tiros de fuzil contra carro-forte.
Polícia faz busca por assaltantes na região.

Quatro homens armados com fuzis atacaram um carro-forte na PA-150, na tarde desta quinta-feira (28). Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a tentativa de assalto aconteceu no quilômetro 50 da rodovia, na zona rural de Moju, no nordeste do estado. O G1 entrou em contato com a Prosegur, que disse se tratar de uma tentativa de assalto. A empresa disse ainda que irá colaborar com as investigações no que for necessário.
Segundo a PRE, o bando disparou pelo menos 50 tiros contra o veículo. Os assaltantes seguiam o carro da Prosegur, que ia de Moju para Belém, em uma caminhonete branca e, durante a abordagem, trocaram tiros com a PRE. Um vigilante foi atingido de raspão no braço, levado para o hospital local, atendido e passa bem.
Equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da PRE foram até o local para apurar o caso e já tentam localizar os homens, que fugiram do local. A Polícia Rodoviária Estadual diz que nenhuma quantia foi levada, mas a Polícia Militar confirma que os assaltantes conseguiram levar dinheiro do carro-forte.
Carro Forte Alça Viária Pará Moju (Foto: Divulgação/PRE)
Carro forte ficou parcialmente destruído (Foto: Divulgação/PRE)