https://web.whatsapp.com/ https://web.whatsapp.com/

domingo, novembro 20, 2016

CIÊNCIA: apocalipse ao longo do século XXI



Cientista adverte que humanidade pode se extinguir neste século

De acordo com um estudo de Fergus Simpson, a raça humana já ultrapassou metade de sua história, pois já nasceram mais de metade de todas as pessoas

 Um cientista revelou que existe uma probabilidade entre quinhentas de que a raça humana possa desaparecer a qualquer momento neste século, informa jornal britânico The Independent.

 De acordo com um estudo de Fergus Simpson, matemático do Instituto de Ciências do Cosmos, da Universidade de Barcelona, a raça humana já ultrapassou metade de sua história, pois já nasceram mais de metade de todas as pessoas. Assim, ele descobriu que a velocidade com a qual nos reproduzimos é muito mais alta do que a de qualquer outro momento da história, isto reduz significativamente as nossas chances de sobrevivência, comunica The Independent.
A pesquisa de Simpson está baseada no argumento do dia do juízo final, uma teoria probabilística que torna possível prever o número de seres humanos que habitarão o planeta em qualquer momento do futuro com base no número de pessoas que vivem hoje. Assim, o cientista calculou que o risco de verdadeiro apocalipse ao longo do século XXI é de 0.2%, o que implica que a probabilidade de que a nossa espécie não sobreviva neste século equivale a 13%.
De acordo com Simpson, "seria ingenuidade acreditar que o risco anual de uma catástrofe global é muito escasso, independentemente das inferências estatísticas mencionadas anteriormente".
Não obstante, a conclusão de Simpson é muito mais otimista que alguns estudos anteriores, acima de tudo, do astrônomo britânico Martin Rees, que em sua obra 'A Nossa Hora final: Será o Século XXI o Último para a Humanidade?' sugere que há 50% de probabilidade de a raça humana deixar de existir até o ano de 2100.

sexta-feira, outubro 28, 2016

JERUSALÉM: em busca da verdade.

A Edícula, na Basílica do Santo Sepulcro, é considerado o local "mais sagrado" para os cristãos.



O túmulo de Jesus foi aberto e vai ser estudado

Um grupo de cientistas da Universidade Nacional e Técnica de Atenas, em conjunto com uma equipa da Sociedade National Geographic, está a analisar e a restaurar a Edícula da Basílica do Santo Sepulcro, em Jerusalém, local onde Jesus foi sepultado depois de ser crucificado, segundo a fé cristã. O objectivo é perceber a forma original do local e reconstituir a história da transformação daquele espaço enquanto local sagrado.
O espaço estará fechado desde 1555 e foi aberto pela equipa de investigadores no início desta semana. Coberto por placas de mármore, ninguém podia aceder directamente ao local onde Jesus, de acordo com o Novo Testamento, foi deitado depois de morto, num sepulcro cavado na rocha, perto do lugar de Gólgota, que terá pertencido a José de Arimateia, um homem rico e membro do sinédrio.
O local onde Jesus foi sepultado foi provavelmente esculpido nas paredes laterais de uma caverna de calcário, por volta do ano 33 d.C.. Depois de retiradas as placas de mármore que cobriam a “cama”, os investigadores ficaram surpreendidos com o estado do espaço, aparentemente intacto. Fredrik Hiebert, arqueólogo, disse à National Geographic que “vai ser uma longa análise” mas que finalmente se poderá estudar este local arqueológico.

Antonia Moropoulou, investigadora grega, disse ao National Geographic que as técnicas utilizadas para documentar este monumento vão permitir que outros investigadores estudem o local “como se eles mesmos estivessem no túmulo de Jesus”.
O pedido dos cientistas foi aprovado pelas seis instituições religiosas que gerem o sítio: a Igreja Ortodoxa Grega, a Igreja Católica Romana, a Igreja Ortodoxa Arménia, os Ortodoxos etíopes e duas comunidades coptas – uma egípcia e outra síria. Estas instituições, que obedecem ao que foi regulamentado pelo acordo Status Quo, de 1852, esperam que a equipa de cientistas atenienses restaure o local depois de acabadas as investigações, em Março de 2017.
A estrutura, chamada Edícula, foi reconstruída pela última vez no início do século XIX, depois de um incêndio. Vai ser restaurada pela equipa da universidade grega, sob a supervisão científica da professora Antonia Moropoulou, que já estudou outros monumentos importantes da Grécia e da zona do Mediterrâneo.
A Edícula (do latim, aedicule, que quer dizer “casa pequena”) é considerada um dos locais mais sagrados do mundo cristão. Foi identificada por Helena, mãe do imperador romano Constantino, em 326 d.C.. A construção da Basílica do Santo Sepúlcro (dentro da qual a Edícula se encontra) só foi possível depois do Édito de Milão, em 313 d.C., que decretou o fim das perseguições aos cristãos pelos romanos.

MOGI: Túnel está na reta final

Complexo Viário do Centro de Mogi está 92% concluído


 

O pavimento rígido do Túnel 2 está sendo concluído. (Foto: Edson Martins)
A pouco mais de um mês do prazo para inauguração, a construção do Túnel 2 do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biagio, no Centro, está chegando à fase final, restando apenas a conclusão de 8% dos serviços para que o primeiro acesso seja liberado aos veículos. Os tapumes que cobriam os canteiros de obras instalados nas ruas Doutor Ricardo Vilela e Hamilton da Silva e Costa já foram removidos.
Conforme explica o secretário municipal de Serviços Urbanos, João Francisco Chavedar, o pavimento rígido do Túnel 2 está sendo concluído, bem como as sinalizações, instalações elétricas e hidráulicas, o sistema de iluminação pública e de combate a incêndio. A obra dos reservatórios de captação de águas e as redes de drenagem urbana também estão em fase final.
O grosso da obra já foi concluído. Agora, terão início os serviços de sinalização viária, acabamentos e recomposição de pavimento na Praça Oswaldo Cruz e na Rua Braz Cubas. Segundo Chavedar, praticamente 92% dos serviços do Túnel 2, que levará o tráfego no sentido Centro-Bairro, já foram executados. Já em relação ao Túnel (Bairro-Centro) está com algo em torno de 40% de conclusão. A expectativa é de entregar a obra completa até o final do próximo ano.
Ainda de acordo com Chavedar, a expectativa é de que com a abertura do Túnel 1 ocorra “uma significativa melhora nas condições de trânsito da Região”, em especial na redução do volume de veículos nas transposições existentes na linha férrea nas ruas Doutor Deodato Wertheimer e Presidente Campos Salles.
No último dia 20 de setembro, a Rua Doutor Ricardo Vilela voltou a ser opção para quem sai do Centro de Mogi das Cruzes e segue em direção a Braz Cubas, após a liberação do trecho da via que passa sobre os novos túneis do complexo viário, na altura da antiga Praça Sacadura Cabral. Com isso, os veículos podem seguir até a Rua Princesa Isabel de Bragança – uma alternativa a quem precisa acessar a Voluntário Fernando Pinheiro Franco.
O investimento no complexo viário foi de R$ 128.851.445,30, sendo R$ 98 milhões provenientes do Governo Federal e R$ 30 milhões de recursos próprios da Prefeitura.
O Túnel 2 (que ficará pronto primeiro) tem 298 metros de extensão, sendo 33 metros debaixo da terra, e ligará as ruas Doutor Ricardo Vilela e Hamilton da Silva e Costa. Já o Túnel 1 terá 426 metros de extensão, sendo 190 subterrâneos, e vai ligar a Rua Cabo Diogo Oliver à Avenida Governador Adhemar de Barros.
Após a conclusão, a Praça Sacadura Cabral será integrada com outras duas: a Oswaldo Cruz e uma nova praça, situada no quarteirão entre as ruas Cabo Diogo Oliver, Engenheiro Gualberto e Hamilton da Silva e Costa, onde havia um posto de combustíveis e alguns imóveis residenciais e comerciais – todos foram desapropriados pela Prefeitura para a obra.
 DANILO SANS















terça-feira, outubro 25, 2016

TRIÂNGULO DAS BERMUDAS: Mistério Desvendando.


http://cdn.misteriosdomundo.org/wp-content/uploads/2015/07/Desvendando-o-Tri%C3%A2ngulo-das-Bermudas1.jpg


Desvendando o Triângulo das Bermudas

O Triângulo das Bermudas (também conhecido como Triângulo do Diabo) é uma área delimitada por pontos em Bermudas, Flórida (EUA) e Porto Rico, onde navios e aviões supostamente desaparecerem misteriosamente no ar – ou, claro, em águas profundas.
O termo “Triângulo das Bermudas” foi cunhado em 1964 pelo escritor Vincent Gaddis na revista Argosy. Embora Gaddis tenha criado o termo, o nome só ganhou popularidade internacional uma década mais tarde. O escritor Charles Berlitz também tinha um forte interesse no paranormal. Ele acreditava não só que Atlântida era real, mas também que ela estava conectada ao triângulo de alguma forma, uma teoria que ele propôs em seu livro de 1974 “O Triângulo das Bermudas”. O mistério desde então tem sido promovido em milhares de livros, revistas, programas de televisão e websites.
 Ao longo dos anos, muitas teorias foram apresentadas para explicar o mistério. Alguns escritores de ficção têm expandido as ideias de Berlitz sobre Atlântida, sugerindo que a mítica cidade poderia estar no fundo do mar e estar usando suas “energias de cristal” para afundar navios e aviões. Outras sugestões incluem os mais fantasiosos portais do tempo e extraterrestres – incluindo rumores de bases alienígenas subaquáticas.

Outros, ainda, acreditam que a explicação está em algum fenômeno extremamente raro e pouco conhecido – uma explicação geológica ou hidrológica – mas perfeitamente natural. Por exemplo, talvez navios e aviões são destruídos por bolsas de gás metano inflamáveis – talvez um raio ou uma centelha elétrica acenda uma enorme bolha de metano capaz de derrubar aviões ou afundar navios, fazendo-os afundar sem deixar vestígios. Existem alguns problemas lógicos evidentes com essa teoria, incluindo o fato de que o metano existe naturalmente em todo o mundo e nenhum incidente nunca foi cientificamente comprovado.
Outros sugerem maremotos repentinos. Ou talvez alguma anomalia geomagnética misteriosa que cria problemas de navegação, confundindo pilotos e de alguma forma fazendo-os mergulhar no oceano. No entanto, os pilotos são treinados para voar mesmo com uma perda de navegação eletrônica, e a teoria não explica o desaparecimentos de navios. Na verdade, a Marinha dos EUA tem uma página na web para desmascarar essa ideia: “Tem sido erroneamente alegado que o Triângulo das Bermudas é um dos dois lugares na Terra em que uma bússola magnética aponta no sentido norte verdadeiro. Normalmente uma bússola irá apontar para o norte magnético… a diferença entre os dois é conhecida como variação da bússola… Embora, no passado, esta variação tenha afetado a região do Triângulo das Bermudas, devido às flutuações no campo magnético da Terra, aparentemente isso não tem sido o caso desde o século XIX”.
Mas, antes de aceitar qualquer uma dessas explicações, um bom cientista deveria fazer uma pergunta mais básica: Existe realmente algum mistério para explicar?
Um jornalista chamado Larry Kusche perguntou exatamente isso, e chegou a uma resposta surpreendente: não há mistérios sobre os estranhos desaparecimentos no Triângulo das Bermudas. Kusche exaustivamente reexaminou os “desaparecimentos misteriosos” e descobriu que a história era basicamente criada por erros, fautores de mistérios, e em alguns casos, completa fabricação de “fatos”.
Em seu livro definitivo “O Mistério do Triângulo das Bermudas – Resolvido”, Kusche observa que poucos escritores sobre o tema se preocupam em fazer qualquer investigação verdadeira – eles principalmente recolhem e repetem outros escritores anteriores que fizeram o mesmo. Infelizmente, a facilidade de Charles Berlitz com a linguagem não transita em uma investigação credível ou bolsa de estudos. Seus livros sobre o paranormal – e sobre o Triângulo das Bermudas, especificamente – estavam cheios de erros e invenções  não-científicas. De certa forma, o Triângulo das Bermudas é em grande parte uma criação de Charles Berlitz. Kusche viria a notar que a pesquisa de Berlitz era tão desleixada que “se Berlitz fosse relatar que um barco era vermelho, a chance de ser de alguma outra cor era quase uma certeza.”
Em alguns casos, não há nenhum registro de navios ou aviões alegadamente terem sido perdidos no cemitério triangular aquático; elas nunca existiram fora da imaginação de um escritor. Em outros casos, os navios e aviões eram bastante reais – mas Berlitz e outros esqueceram de mencionar que os objetos “desapareceram misteriosamente” durante tempestades severas. Outras vezes, os navios afundaram bem longe do Triângulo das Bermudas.
Também é importante notar que a área dentro do Triângulo das Bermudas é muito viajada com navios de cruzeiro e de carga; logicamente, mais navios vão afundar lá do que em áreas menos viajadas como o Pacífico Sul.
Apesar do fato de que o Triângulo das Bermudas foi definitivamente desmascarado por décadas, ele ainda aparece como um “mistério não resolvido” em novos livros – principalmente por autores mais interessados em uma história sensacional do que fatos. No final, não há nenhuma necessidade de invocar portais do tempo, Atlântida, bases de OVNIs submersas, anomalias geomagnéticas, maremotos, ou qualquer outra coisa. O mistério do Triângulo das Bermudas tem uma explicação muito mais simples: investigação malfeita e sensacionalismo

sexta-feira, outubro 21, 2016

POLÍCIA CIVIL: cai a casa, e traficante é preso.

armas-taiacupeba
arsenal encontrado


Garra apreende armas e munição no Distrito de Taiaçupeba, em Mogi

Após denúncia, o Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), da Polícia Civil de Mogi das Cruzes, iniciou a Operação Avalanche, que nesta quinta-feira, 20, encontrou diversas armas e muita munição no Distrito de Taiaçupeba. A busca foi no sítio do traficante Sérgio Bispo Tolentino, que foi preso na última sexta-feira, 14, em Itaquaquecetuba.
O arsenal encontrado surpreendeu os policiais, principalmente pelo tipo das armas. Entre elas estavam 12 carregadores, lança granada, cartuchos calibre 12, uma pistola 45, um fuzil, um silenciador e muita munição.
A Garra deve continuar com a operação, mas até o momento, não há informações sobre pessoas presas.
 DADOS: IO DIÁRIO

BRASIL: possível ameaça de tsunamis.

nasa
Ilustração.



Nasa confirma possível catástrofe no Brasil e faz alerta para últimos dias…

A costa norte e nordeste brasileira, fato que desperta a preocupação de algumas autoridades, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil.
Todos os anos, nos deparamos com notícias de novos furacões, tornados, terremotos e outros desastres naturais atingindo o mundo. Embora algumas áreas sejam afetadas com mais freqüência por estas catástrofes naturais do que outras, a maioria das pessoas teme condições meteorológicas extremas – aqui no Brasil
Desde 2001, que cientistas alertam que uma futura erupção do instável Vulcão Cumbre Vieja em La Palma (uma ilha das Ilhas Canárias) poderia causar um imenso deslizamento de terra para dentro do mar. Nesse potencial deslizamento de terra, a metade oeste da ilha (pesando provavelmente 500 bilhões de toneladas) iria catastroficamente deslizar para dentro do oceano.
Esse deslizamento causaria uma megatsunami de cem metros que devastaria a costa da África noroeste, com uma tsunami de trinta a cinqüenta metros alcançando a costa leste da América do Norte muitas horas depois, causando devastação costeira em massa e a morte de prováveis milhões de pessoas. Especula-se também acerca da possibilidade de tal cataclisma atingir a costa norte e nordeste brasileira, fato que desperta a preocupação de algumas autoridades, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil.
Pelos esforços conjuntos de mais de 150 peritos voluntários, a Comissão Consultiva de Política de Segurança Sísmica de Oregon prevê que um terremoto de magnitude entre 8 e 9 e um tsunami subsequente irá ocorrer ao largo da costa do estado norte-americano do Oregon, nos próximos 50 anos. As grandes questões são: quando isso vai acontecer exatamente e se o Oregon vai estar preparado.
A possível fonte dessa catastrófica combinação de terremoto e tsunami é a zona de subducção de Cascadia, uma rachadura de 1.287 quilômetros a 97 km da costa do Oregon. As placas tectônicas continentais de Juan de Fuca e Norte-Americana criam esta zona de subducção, que é considerada a “mais silenciosa do mundo”. Porém, atualmente acredita-se que ela esconda um dos maiores eventos sísmicos do século. Esta ocorrência está prevista desde 2010; a Comissão afirma agora que isso vai ocorrer, inevitavelmente. Este terremoto e tsunami previsto mataria mais de 10 mil pessoas, possivelmente dividiria partes da Costa Oeste e custaria 32 bilhões dólares em danos aos EUA.
Se você se assustou com os desastres que já mostramos, prepare-se que o pior ainda está por vir. Simon Day, da University College London, e Steven Ward, da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, preveem que o vulcão Cumbre Vieja , nas Ilhas Canárias, vá entrar em erupção e criar o maior tsunami da história. Em seu artigo conjunto sobre o tema, lançado em 2001, Day e Ward levantaram a hipótese de que uma ruptura na estrutura do vulcão ocorreu durante sua última erupção, fazendo com que o lado esquerdo tenha se tornado particularmente instável.
Se o Cumbre Vieja entrar em erupção novamente, o seu lado esquerdo se transformaria em um deslizamento de terra que causaria o maior tsunami na história da humanidade. Eles deduziram que a onda monstruosa avançaria a 800 quilômetros por hora, com 100 metros de altura em seu primeiro impacto com a terra, e chegaria à Flórida nove horas depois de ser criada. Day e Ward prevêem que tsunamis atingiriam lugares distantes entre si como a Inglaterra, a Flórida e o Caribe.
Vale notar, no entanto, que essa é a pior situação possível. Se um deslizamento de terra causado por uma erupção na Cumbre Vieja vier a acontecer, é mais provável que toda aquela massa de terra não cairia no mar de uma só vez. Um deslizamento de terra mais fragmentado poderia não causar um tsunami recorde.

quinta-feira, outubro 06, 2016

FURACÃO: Matthew deixa mortos no Haiti.

Furacão Matthew deixa mortos no Haiti e ameaça os EUA 

O presidente Obama declarou emergência na Geórgia e autorizou que a Agência Federal de Gerenciamento de Emergências tome medidas para ajudar o estado.

O presidente Obama conversou por telefone nesta quinta com os governadores da Flórida, Geórgia, Carolina do Sul e Carolina do Norte sobre os preparativos para a chegada do furacão Matthew e disse que o governo federal vai oferecer a ajuda necessária para ajudar os estados a responderem ao furacão.


 Obama declara emergência na Flórida por furacão e ordena ajuda federa
 Parques temáticos da Disney fecham devido ao furacão Matthew
Furacão Matthew deixou mais de 100 mortos no Haiti  #FuracãoMatthew #G1

CRISE NA SAÚDE: Por falta de médicos, maternidade da Santa Casa de Suzano é fechada.

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SUZANO-SP

Gestantes são encaminhadas para Santa Marcelina do Itaim Paulista.
Atendimento deve ser restabelecido na próxima semana, diz Prefeitura.

A Prefeitura de Suzano anunciou nesta quinta-feira (6) o fechamento da Maternidade da Santa Casa do município. A medida foi tomada após inspeção técnica da Vigilância Sanitária Municipal, que constatou que o número de ginecologistas é insuficiente para atender a demanda de atendimento na unidade. A administração municipal informou que a previsão é de que o atendimento seja retomado na próxima semana.
Questionada, a Secretaria de Saúde não informou quantos médicos atendem atualmente e nem quantos são necessários para o funcionamento pleno na unidade. A Secretaria também não informou qual é a média de partos realizados pela unidade - única maternidade da cidade - e nem colocou à disposição representante para entrevista.

SAIBA MAIS!
Em nota, a Prefeitura de Suzano informou que "a superintendência administrativa da Santa Casa está empenhada na resolução dos problemas apontados pela vigilância, e sinaliza que na próxima semana a situação deve ser normalizada, retornando assim a rotina de atendimento na unidade. Reforçando que o Pronto Atendimento da Mulher da Santa Casa (atende todos os casos urgência e também gestantes) está funcionando normalmente".

A administração municipal informou que já notificou a Secretaria Estadual de Saúde, que está auxiliando a unidade neste processo, "tendo disponibilizado o Hospital Santa Marcelina do Itaim Paulista como referência para assistência às gestantes de Suzano neste breve período."
Desde esta quarta, as gestantes que buscam atendimento na Santa Casa de Suzano passarão por avaliação e se necessário serão encaminhadas para hospital de referência disponibilizado pelo Estado.
Em nota, o Departamento Regional de Saúde (DRS) da Grande São Paulo esclarece que em reunião realizada com a Prefeitura de Suzano na tarde desta quarta-feira (5/10), foi pactuado que as gestantes, com previsão de atendimento pela Santa Casa de Suzano, deverão ser encaminhadas ao Hospital Geral do Itaim Paulista (Santa Marcelina). "É importante esclarecer que o SUS funciona em rede, com referências pré-estabelecidas para cada especialidade e com base em pactuação regional. Justamente por isso, houve a referida pactuação. Compete, porém, ao município de Suzano orientar seus munícipes e unidades de atenção básica sobre tal definição".
Ainda segundo a nota,  "vale lembrar que, conforme preconiza o SUS, qualquer gestante em trabalho de parto deve ser atendida por  maternidades de hospitais públicos, quer sejam municipais, estaduais, filantrópicos ou universitários, independentemente de pactuações pré-estabelecidas".

Crise
O hospital passou a ter bens e serviços administrados pelo município em 2009. A intervenção foi determinada pelo Ministério Público depois de um escândalo envolvendo vários médicos. Os profissionais eram suspeitos de cobrar pelo pré-natal e o parto das grávidas, mesmo sendo atendidas pelo SUS.

Na época, a intervenção seguiu durante todo o mandato do ex-prefeito Marcelo Candido, sob o comando do médico Marco Izzo. Em agosto de 2013,  já na gestão do prefeito Paulo Tokuzumi a unidade passou a ter independência administrativa, mas voltou a ter intervenção em 2014, após uma crise com paralisações de trabalho do corpo clínico. A última prorrogação da intervenção havia sido publicada no dia 15 de julho de 2014 e o prazo venceu na última terça-feira (12).

terça-feira, setembro 06, 2016

CRIME ITAQUAQUECETUBA: Ciúme doentio', diz mãe de jovem assassinada em Itaquaquecetuba


Principal suspeito é o companheiro, de 41 anos, da garota.
Mãe aponta o ciúme como causa da morte da filha.

A mãe da adolescente de 16 anos assassinada em Itaquaquecetuba neste domingo (4) diz que foi o ciúme doentio do companheiro da filha que motivou o crime. Cícera Honório da Silva encontrou o corpo da filha no banheiro da casa onde ela morava com o companheiro, de 41 anos.
A mãe diz que ele sentia muito ciúmes da menina. “Minha filha tinha apenas 16 anos e toda a vida pela frente. E vem um cara que chega, bancando de bonzinho, mas com um ciúme doentio. Ele tinha ciúme de mim, dos irmãos, do pai. Eu peço a Justiça que faça justiça, que o crime não fique impune.”

O assassinato foi na imóvel onde o casal vivia no Parque Sousa Campos. Os vizinhos ouviram barulhos durante a madrugada. “Nós saímos e minha sogra perguntou para o rapaz que morava na casa o que estava acontecendo e ele disse que estava quebrando as paredes. Mas quando foi 8h, minha sogra estava passando na frente e viu gotas de sangue. Quando fomos ver, vimos a menina caída no banheiro com a cabeça em cima do vaso e estava morta”, contou o autônomo Jonas Aparecido da Silva que mora ao lado da casa.
Segundo, o Instituto Médico Legal de Suzano, no final da manhã desta segunda-feira (5) o corpo da adolescente já tinha sido liberado.
Adolescente é assassinada em Itaquaquecetuba (Foto: Reprodução/ TV Diário)
Garota morta
A Polícia Civil informou que o suspeito deve responder por homicídio qualificado. A pena varia entre 12 e 30 anos de prisão. Ele continua internado no hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, mas o estado de saúde não foi informado.
O crime
Segundo a polícia, a jovem vivia com o homem há mais de um ano. Por volta das 3h, depois de uma discussão, o homem teria disparado vários tiros no peito e na cintura da vítima.
Oito horas depois do homicídio, o suspeito ferido no pescoço fugiu para um bar na Estrada do Mandi. O dono do local informou que estava abrindo o estabelecimento, quando o suspeito apareceu para se esconder. Logo depois, a Polícia Militar chegou e fez a prisão. Segundo a polícia, o ferimento foi causado durante a briga entre o casal e um dos tiros atingiu o pescoço do suspeito.
Ele foi encaminhado para o Hospital Santa Marcelina e passou por uma cirurgia. Com o suspeito, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com numeração de série raspada. Para a mãe da adolescente, o crime foi provocado por causa do ciúmes do suspeito.

quarta-feira, agosto 31, 2016

TERREMOTO: 9 pessoas mortas.


Vista aérea mostra asilo onde foram encontrados nove corpos em Iwate, no norte do Japão


Enchentes provocadas por tufão deixam nove mortos em asilo no Japão

Enchentes provocadas pela passagem de um tufão inundaram um asilo no Japão e mataram ao menos nove pessoas, informou a polícia nesta quarta-feira (31), levando o número de mortos pelo tufão no norte do país para ao menos 11 pessoas.
A polícia encontrou os nove corpos na casa de repouso na cidade de Iwaizumi nesta quarta-feira, mas não sabe quando a inundação ocorreu.
Também não está claro porque as pessoas não foram levadas para um local seguro antes da tempestade.
Mais de mil outras pessoas foram forçadas a deixar suas casas por conta das enchentes geradas pelo tufão Lionrock.
Imagens da TV mostraram rios transbordando e carros e casas parcialmente submersos, enquanto membros de equipes de resgate tentavam retirar pessoas com helicópteros.(Reportagem de Kaori Kaneko)
https://web.whatsapp.com/